Estudos de atração de avifauna são necessários na recuperação florestal

canário-da-terra-verdadeiro (640x480)A arborização urbana é mais que necessária, é essencial. O estudo de atração de avifauna chega para auxiliar esse processo. Diante de todas as razões, ela garante a integração completa do homem com o meio ambiente. O processo de urbanização, por meio das construções civis, modifica grande parte da estrutura física e biótica do habitat, interferindo em diversos etapas ecológicas que envolvem o ecossistema. Que existe uma legislação protegendo o patrimônio vegetal, não é novidade. Mas, desde o fim de 2014, algumas medidas têm sido desenvolvidas para proteger e perpetuar a fauna presente no meio urbano.

Exemplo disto são os estudos de atração de avifauna, que proporcionam o equilíbrio de uma área vegetal restaurada inserida no meio urbano. Ele ocorre a partir de análises, pesquisas bibliográficas e entrevistas a especialistas feitas por uma equipe técnica. Já o estudo envolve desde o levantamento de espécies da fauna ocorrentes na região, passando por indicação de plantio de árvores que servem para de alimento (durante o ano inteiro) para a fauna, filtragem de espécies de avifauna por critérios biológicos, até o plantio efetivo das árvores.

Athene cunicularia (640x480)O resultado deste trabalho não poderia ser outro além de promover um equilíbrio natural na cidade e uma sensação de bem-estar e conforto social. Sem fauna, a propagação da vegetação, e sucessão ecológica, que ocorre por meio da dispersão e polinização, acontece com menor intensidade. Ela promove o aumento de diversidade das espécies e, assim, a fauna está diretamente ligada à manutenção do equilíbrio do meio ambiente. Por isso, iniciativas como essas podem ao mesmo tempo favorece-la e acelerar o processo de restauração da área implantada.


bem-te-vi (640x480)Serviços como esses são considerados progressivos
, do ponto de vista legislativo. Há cerca de dois anos não se falava de proteção efetiva de fauna nos órgãos municipais. É importante respeitar as exigências das novas legislações municipais (Relatório de Ocorrência e Afugentamento de Fauna para empresas que querem licenciar um terreno) e se preocupar com o equilíbrio ecológico no meio urbano.

Related Post