arcos olímpicos

Sobre a repercussão das mudas da Floresta dos Atletas

Temos recebido através de nossos canais digitais mensagens pedindo esclarecimentos sobre as mudas da Fl0resta dos Atletas. Sobre o assunto, e em consideração àqueles que buscam esclarecer os pontos de interesse, publicamos a seguir informações complementares:

O compromisso com a floresta dos atletas foi firmado em 2014. Desde então as sementes passaram por muitos processos – desde a seleção das espécies até o cuidado com as mudas que delas nasceram.

Nosso trabalho se iniciou em 2014 por uma extensa pesquisa com mais de 300 espécies, na busca das 207 que fossem endêmicas do estado do Rio de Janeiro ( presentes apenas aqui) e que cumprissem características especiais:

– Possuíssem algum grau de ameaça registrada (selecionamos 43 nesta condição)
– Garantissem para as futuras gerações contatos com frutos da Mata Atlântica
– Fossem pouco conhecidas do público
– Produzissem floração exuberante
– Atraíssem a fauna, para que esta passasse a propagar sementes das espécie por outros fragmentos de florestas , potencializando a presença de exemplares dessas árvores em outras localidades da cidade naturalmente.

A floresta foi um projeto complexo e pensado como legado natural para a cidade e seus moradores.

Até 2020, as mudas precisarão de outros e frequentes cuidados, mesmo depois de plantadas, até estarem prontas para continuarem seu desenvolvimento de maneira autônoma.

O valor do nosso serviço engloba tudo que contamos acima e também os dois projetos de plantio (Floresta dos Atletas e Bosque dos Medalhistas + Plantio do dia da árvore de 2016, já realizado e não pago) e manutenção (do final de 2014 até meados de 2020) além de um documentário de todo o processo, que será divulgado nas Olimpíadas de Tokyo.

São 11.237 mudas na Floresta dos Atletas e 2.488 no Bosque dos Medalhistas: espécies pesquisadas, planejadas, cujas sementes foram colhidas por nós, separadas, preparadas, semeadas, irrigadas e cuidadas até hoje.

Há uma equipe dedicada a este projeto há mais de 2 anos e meio, trabalhando desde a colheita dos frutos até hoje, e por mais 2 anos permanecerão.

Esperamos que os responsáveis por este projeto honrem-no para que ele possa ser entregue conforme prometido ao mundo.

Cordialmente,
Biovert Florestal e Agrícola

Related Post