Handroanthus_serratifolius

Você conhece a Handroanthus Serratifolius?

Foto: mercadanteweb/Flickr
Quando floresce, o ipê-amarelo fica coberto de flores e sem nenhuma folha.

Conhecida como Ipê-amarelo, essa árvore que tanto encanta por seu amarelo vivo pode ser utilizada em arborização urbana e composições paisagísticas, por conta da beleza de suas flores e da forma da própria árvore, que cresce lentamente.

A dispersão de suas sementes acontece pelo vento, favorecida por uma espécie de “asa” presente em suas extremidades, o que facilita seu transporte pelo ar.

Ao longo do ano de 2014, a Biovert plantou 112 mudas de ipê-amarelo na cidade do Rio de Janeiro. O plantio dessa espécie correspondeu a quase 5% das mudas utilizadas nos projetos de Habite-se. Os ipês são árvores altas e resistentes – Ipê é uma palavra de origem tupi, que significa árvore cascuda – que vivem mais de 100 anos.

Felizmente, não precisaremos esperar muito para ver a primeira floração dessas árvores: em 3 anos as novas mudas já estarão dando flores. Ipê-amarelo é uma espécie nativa de mata atlântica. Sua floração acontece entre os meses de agosto e novembro.

Acompanhe nossas postagens e aprenda mais sobre as árvores nativas de mata atlântica e reflorestamento.

(Foto: mercadanteweb/Flickr)

Related Post