Mais de 20 mil árvores inventariadas em 2015

A árvore mais abundante na cidade do Rio de Janeiro, em 2015, é de origem exótica.  De acordo com o banco de dados da Biovert, só neste ano, foram encontradas cerca de 4 mil leucenas (Leucaena leucocephala). As informações são baseadas nos levantamentos arbóreos realizados pela empresa. Ao todo, 267 espécies foram verificadas, totalizando 20.270 mil indivíduos, de origem exótica e nativa. Dentre eles, mais da metade, 10.439 mil, são de origem exótica, ou seja, não pertencente ao bioma da mata atlântica. Enquanto 9.787 mil são de origem nativas e 44 indivíduos não foram identificados.

No Rio de Janeiro, 40 bairros foram inventariados. O resultado disso não poderia ser outro: 12 espécies nativas ameaçadas de extinção foram listadas, resultando em 167 indivíduos.  Veja abaixo as cinco espécies mais encontradas nos inventários arbóreos.

Espécies de origem exótica e nativa mais encontradas nos levantamentos ~ quantidade de indivíduos

  1. Leucena (Leucaena leucocephala) ~ 3.912 ~ exótica
  2. Aroeira (Schinus terebinthifolius) ~ 1.603 ~ nativa
  3. Coração-de-negro (Albizia lebbeck) ~ 1.309 ~ exótica
  4. Maricá (Mimosa bimucronata) ~ 1.229 ~ nativa
  5. Ingá-do-brejo (Inga laurina) ~ 1.196 ~ nativa

Espécies ameaçadas de extinção ~ quantidade de indivíduos

  1. Sapuva (Machaerium stipitatum) ~ 41
  2. Caviúna (Dalbergia nigra) ~ 29
  3. Arruda-vermelha (Swartzia apetala var. apetala) ~ 15
  4. Pau-brasil (Caesalpinia echinata) ~ 13
  5. Cedro-branco (Cedrela odorata) ~ 11

Por que inventariar um terreno?
401Todo empreendimento que objetive o licenciamento de uma determinada área no município do Rio de Janeiro deve, obrigatoriamente, realizar um inventário vegetal com empresa cadastrada junto à Secretaria de Meio Ambiente da Cidade (SMAC). O serviço de inventário é de enorme importância para um empreendimento, seja ele comercial, residencial ou industrial. Se você precisa realizar um inventário vegetal,  entre em contato com a Biovert. 

Related Post