Carbono zero é realidade na construção civil

Desde 2009, toda obra licenciada pela Prefeitura é obrigada a compensar a emissão de gases do efeito estufa durante a construção civil. Pois, na Licença de Obras (LO), o requerente da obra é obrigado a cumprir uma exigência que atende à Resolução Conjunta SMAC/SMU nº 14 de 2009. Foi esta a solução encontrada pelos órgãos públicos para compensar a emissão dos gases à atmosfera, que dentre os principais estão o NOx, CO², MO e CH4. Nesta resolução, é estabelecida a doação de uma muda para cada 60 m² de Área Total Construída (ATC). Essa determinação só é válida para construções excedentes a 180 m².

Assim, a compensação ambiental acontece por meio do fornecimento de mudas de espécies nativas à Fazenda Modelo, o viveiro da Prefeitura do Rio. A construtora contrata uma empresa credenciada na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), que se torna responsável por todo o trâmite junto ao órgão. Além de fornecer as mudas com porte de 1m a 1,5m ao viveiro, a empresa credenciada acompanha o processo até a retirada do Recibo de Fornecimento de Mudas (RFM), que atesta o cumprimento da exigência.

Só neste ano, a Biovert foi responsável por fazer o fornecimento de 1,7 mil mudas. Em 2014, 8 mil mudas foram doadas a fim de compensar a emissão dos gases do efeito estufa durante a construção civil.

A Biovert realiza o fornecimento de mudas em atendimento à Resolução Conjunta SMAC/SMU nº 14 de 2009. Tem esta exigência para cumprir? Entre em contato com a gente!

Related Post